Moda e estilo: saiba diferenciar esses conceitos

Você já encontrou alguém vestindo as peças mais comentadas das últimas tendências e, mesmo seguindo à risca o que diz a moda, parece que algo naquele visual não está funcionando? Se a resposta foi sim, não se preocupe. Essa sensação é mais comum do que podemos imaginar. E, geralmente, o problema se resume a falta de algo fundamental: o estilo.

Apesar de muitas pessoas pensarem que falar de moda e de estilo é abordar duas coisas iguais, precisamos entender que esses conceitos andam sim na mesma linha, mas têm grandes diferenças entre si. E, para esclarecê-las, trouxe uma ajuda especial. Entrevistei a estilista Sandra Kanayama, que apresentou suas ideias sobre moda e estilo, além de trazer dicas para encontrar o equilíbrio entre essas duas definições e potencializar a imagem pessoal. Vamos lá?

Por dentro da moda

“Moda é algo que o mercado propõe”, afirma Sandra Kanayama. A estilista explica que a moda é proposta para a gente, e não está apenas no vestuário. Por exemplo, também existem alimentos da moda, assim como objetos de decoração, filmes, atividades físicas… Ou seja, entender a moda é entender o conjunto de tendências que influenciam a maneira como vivemos.

Como ferramenta massiva, a moda pode fazer com que as pessoas se comportem de determinadas maneiras sem pensar se o que elas estão adquirindo realmente condiz com suas personalidades. Mas esse é um dos lados da moeda. Pois a moda é também um meio através do qual manifestamos características essenciais como seres humanos: a expressão de valores, a criação de identidades e a noção de pertencimento.

Mas, e o estilo? Onde ele entra nessa história?

Por dentro do estilo

Intransferível. Essa é a palavra que norteia a definição de estilo e que o diferencia fundamentalmente da moda. “Estilo é algo que cada um possui de acordo com seu modo de viver, aquilo que escolhe para si a partir da moda que é sugerida, que usa ou consome conforme sua personalidade”, explica Sandra. O estilo, então, é uma espécie de marca registrada que deve traduzir quem somos a partir das nossas escolhas. Ele está sempre conosco, enquanto a moda passa.

Como vem de dentro para fora, o estilo não é tão fácil de se definir quanto a moda. Podemos levar um bom tempo até saber que peças, calçados, acessórios e maquiagens combinam com nosso corpo, com nossa personalidade e com nossos objetivos de vida. E como descobrir tudo isso? “Para encontrar seu estilo, cada pessoa precisa analisar o seu modo de viver. Acho que esse é o primeiro passo. Conhecer-se. Perceber-se. Estudar-se. Procurar especialistas para ajudar com esse olhar, perceber e entender o que pode estar bem ou não com certeza ajuda muito”, opina Sandra.

Equilibre moda e estilo

Se até agora moda e estilo estão parecendo irreconciliáveis, lembre-se do que escrevi no início desse texto: apesar de diferentes, eles andam na mesma linha. E, por isso, podem ser unidos e potencializados. Como? Através do bom senso e do equilíbrio!

“Acredito que moda e estilo possam ter um ponto de equilíbrio, pois a cada nova moda que entra, precisamos perceber se aquilo que é proposto (cores, formas, cortes) se adapta bem para nossa cor de pele, cabelo e se nos deixa confortável. Nem sempre o que está na moda está de acordo com a nossa personalidade e necessidade. Precisamos nos conhecer e respeitar isso”, enfatiza Sandra.

Uma vez que seu estilo foi encontrado, é possível usá-lo como uma espécie de filtro que irá fazer a seleção do que está em alta e que também se encaixa em suas características pessoais. Ou seja, tudo é uma questão de adaptação.

Afinal, também não adianta decidir por um estilo e passar o resto da vida preso somente a ele. Estar atento às tendências é importante e faz bem! Sandra explica o por quê: “É bacana conhecer as tendências pois o novo é instigante, curioso, criativo. É a novidade para explorar e agregar ao nosso estilo. São elementos diferentes para acrescentar ao nosso guarda-roupa, ao nosso dia a dia. Além de ser divertido, não?”.

Para você, parece impossível descobrir esse ponto de equilíbrio? Existe um profissional mágico que pode ajudar: o Consultor de Imagem. Diferente de um Consultor de Moda, que aponta os caminhos das tendências, o Consultor de Imagem faz com que cada um tenha sua própria moda e, assim, descubra seu estilo pessoal.

Com dificuldades para encontrar o estilo que melhor traduz sua personalidade? Clique aqui e fale comigo!